Criatividade

Não pode haver dúvidas. É aqui que reside a especificidade, e como agora se ouve a toda a hora, é aqui que está a nossa mais valia.
Vejamos o caso recente das contas da TAP.
Primeiro, teve lucros. Caso inédito. E viva a gestão da equipa de brasileiros. Os cronistas da esperança aí estiveram a louvar esta nova dinâmica.
Mas... veio agora o presidente da TAP dizer que afinal nunca tinha visto as contas, que se calhar não há lucros, etc...
Em que é que ficamos.
Só a criatividade contabilística nos pode salvar.
Talvez uma venda, fora de horas, de património, possa ajudar.
Não é nada de novo. O governo já fez coisas semelhantes para equilibrar as contas.
Qualquer país (ou empresa) em dificuldades o melhor é contactar os nossos serviços de contabilidade criativa e vão ver a volta que isto dá...
ajp

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Os nomes das doenças [21]

A saga parte II