Cor de Rosa (1)

As revistas cor de rosa exultam de alegria. Depois de um longo tempo do defeso após a trágica morte da princesa Diana, eis que surge, como que por magia, uma nova princesa -Letizia.
Tem todos os ingredientes para se fazerem grandes capas e muitas estórias fantasiosas. A plebeia, mas profissional da comunicação, com uma carreira e com êxito, chega onde outras só chegaram por serem filhas de Alguém nobre.
Agora vamos ter um corropio de informação, com muito ruído e recheada de muita invenção, que irão adocicar e também azedar esta relação amorosa, que por via da publicidade, não tem grandes condições para ser uma relação normal.
Pena é que dois jovens não possam amar-se livremente e constituir família sem passar por esta publicidade impiedosa, que hoje os idolatram e amanhã os crucificam.
ajp

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Os nomes das doenças [21]