NECROLOGIA.NET

É assim que agora se pode noticiar a morte no Público.
Trata-se de um directório da Necrologia Nacional
Onde se começa assim:
A morte faz parte do acto de viver.
Nalgum momento da vida confrontamo-nos com o falecimento de alguém próximo.
Este é o espaço de referência para homenagear e preservar a memória de quem já partiu.

Mas não se fica por aí, porque pretende ajudar as pessoas a resolverem bem e atempadamente os problemas que resultam para os vivos, da morte de alguém.
Assim são indicados os passos a dar:
1º Contactar uma Agência Funerária
2º Participar o óbito às Finanças e fazer Relação de Bens
3º Participação à Segurança Social
4º Participação às Entidades Bancárias e Seguradoras
5º Habilitação de Herdeiros e Registo dos Bens
Conselhos vários.

Não há nada haver quem nos proporciona uma vida e uma morte pramelhor.

Vamos desde já activar o paraiso.aqui, também o inferno.nunca, já que recentemente a Igreja desactivou, por falta de credibilidade, o purgatório.esquece.
ajp

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Os nomes das doenças [21]